Crazy Fan Book's

resenha de livros nacionais e estrangeiros

50 tons de cinza

Cinquenta tons de cinza Book Cover Cinquenta tons de cinza
Fifty Shades #1
E.L.James
Literatura Estrangeira / Romance Erótico
Intrínseca
9788580572186
Paperback
457
Fifty Shades of Grey

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seu próprios termos.
Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso – os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família – ele é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

 

 

“Minha Nossa … / Oh my!!!”

 

Tudo começou quando Anastasia Steele (Ana) aceitou fazer um favor para sua melhor amiga e colega de quarto, Katherine Kavanagh (Kate), que estava gripada.

Kate trabalhava como editora no jornal da faculdade WSU, em Vancouver, e levou 9 meses pra conseguir uma entrevista com o CEO da Grey Enterprises Holdings Inc, em Seatle, que é também principal benemérito da Universidade Sr. Christian Grey.

Tudo que Ana precisava estava nas anotações de Kate e ela nunca havia ouvido falar do Sr. Grey.

Nervosa, Ana pega o carro da amiga emprestado e segue para Seatle…

Ao primeiro olhar, Ana se viu impressionada com aquele homem jovem, lindo, irresistível. E no decorrer da entrevista o jeito arrogante e controlador de Christian a deixou muito confusa. (Christian Grey um enigma…).

 

“… Acho-o atraente, muito atraente. Mas isso não tem futuro, eu sei, e suspiro com um sentimento de pena entre doce e amargo…”.

 

A mocinha sortuda da história, Ana, é linda, olhos azuis, inteligente, estudante de literatura inglesa na WSU, amante de romances clássicos, 21 anos e (como não poderia deixar de ser em romances como este) com baixa autoestima.

O bad boy da história, Christian Grey, é um jovem atraente, lindo, olhos cinza, podre de rico, empresário de sucesso apesar de ter 28 anos (Acho eu) e de “hábitos incomuns”, disfarça o desprezo que sente por si com sua postura rígida e impessoal e isso devido à sua infância traumática.
Se considera 50 vezes f***.

 

 “… – Você é um mistério, Srta. Steele.”

 

O título original do livro (Fifty Shades of Grey) tem haver com o sobrenome de Christian Grey e foi adaptado em português, acredito eu, para se referir aos olhos do mesmo.

Christian demonstrou interesse por Ana logo de início e ela, embora interessada, não notou.

“Por que não me disse que havia perigo? Por que não me avisou? As senhoras sabem do que se proteger, porque tem romances que lhes ensinam sobre esses truques…”.
(Thomas Hardy – Tess of the d’urbervilles)

 

A história é narrada pelo ponto de vista de Ana que fala com sua deusa interior quase todo o tempo. (“My inner goddes…”) E vive se questionando sobre tudo.

Um livro intenso, um romance BDSM forte, arrebatador e que não tem nada de depravado ou absurdo, noticiado pelas mídias.

A história gira em torno do casal (Christian e Anastasia) que leva seu desejo ao limite e que se descobrem capazes de tudo um pelo outro.

 

“- Eu ainda quero mais – sussurro.

- Eu sei – diz ele – Vou tentar

- Por você, Anastasia, eu vou tentar.”

 

O livro é grosso mais a narrativa te prende ao ponto de ser difícil larga-lo.

Folhas amareladas, fontes tamanho agradável, a capa é a mesma das do Reino Unido e Estados Unidos e o título é em relevo. Eu achei fofa e tem tudo haver com o romance deste volume.

Devo dizer que o primeiro capítulo é tão cativante que após lê-lo fica difícil mudar de ideia sobre ler ou não a série (trilogia).

 

“What is it about elevators?”

 

Tive a oportunidade de ouvir o audiobook original, em inglês, produzido pela Unabridged. Narrado por Becca Battoe, com duração de 19 hs e 52 min.
Demorei um pouco a me adptar a voz de Becca, que achei meio chatinha. Acredito que quem não tem o costume ou muita facilidade com a língua possa ter dificuldade de compreensão devido a sua pronúncia. Após me acostumar (e não demorou muito) com sua interpretação, o restante da trilogia seguiu sem problemas.

Audiobook Grey

 

 

Frases marcantes:

 

“You are mine, …
Only mine. Don’t forget it.”

“We aim to please, miss Steele”

“I’ve never wanted more, until I met you.”

 

As duas opções eu recomendo, tanto o livro físico quanto o audiobook original. Mais apesar de ter gostado da nossa versão em português (livro físico), de muita qualidade, continuo preferindo a original por que certas expressões perdem a intensidade ao serem traduzidas.

 

Quanto ao filme…

 

Com tanto sucesso pelo mundo e traduzido em mais de 30 idiomas vai virar filme.
Lançamento previsto para o dia 12 de fevereiro de 2015. (Dia dos Namorados nos EUA).

Uma produção Universal Pictures.

fifty shades movie 1

 

Estrelando como Sr. Grey: Jaime Dornan

Daktota Johnson e Jamie Dornan 1 Daktota Johnson e Jamie Dornan 2

Estrelando como Srta. Steele: Dakota Johnson

 

Não conheço o trabalho de nenhum dos dois atores mais pelo trailer fiquei com a impressão de que ela foi uma ótima escolha e que ele vai ser uma versão muito sem graça do Sr. Grey. Preferia o ator mais votado no facebook Matt Bomer (White Collar), a atriz escolhida Alexia Bledel, eu adoro, mais estou apostando em Dakota.

50-shades White Collar Matt Bomer 2 (Fala sério!!!???)
Vamos torcer pra que eu esteja errada.
De todo modo o filme promete!!!

Pra conferir o trailer legendado clique no link:

https://www.youtube.com/watch?v=jecQRyjFQd4

 

“Laters, Baby!!”

 

Fotos da autora e das capas EUA – UK:

 E L James 1 Fifty Shades of Grey Men Fifty Shades of Grey cover UK

 

 

Trilogia 50 tons:

Fifty Shades of Grey (2011) – Cinquenta tons de cinza
Fifty Shades Darker (2012) – Cinquenta tons mais escuros
Fifty Shades Freed (2012) – Cinquenta tons de liberdade
Grey (2015) – Grey

 

Posts relacionados:

A Penthouse de Christian Grey

Filme 50 tons de cinza

 

8 thoughts on “50 tons de cinza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>