Crazy Fan Book's

resenha de livros nacionais e estrangeiros

Não Sou Uma Dessas

Não Sou Uma Dessas Book Cover Não Sou Uma Dessas
Lena Dunham
Literatura Estrangeira / Biografias e Memórias
Intrínseca
9788580576214
Paperback
304
Not That Kind of Girl

Lena Dunham, apresenta uma coleção de relatos pessoais hilários, sábios e dolorosamente sinceros que a revelam como um dos jovens talentos mais originais da atualidade. Em Não sou uma dessas, Lena conta a história de sua vida e faz um balanço das escolhas e experiências que a conduziram à vida adulta.

Comparada a Salinger e a Woody Allen pelo New York Times como a voz de sua geração, Lena é conhecida pela polêmica que desperta e por sua forma única e excêntrica de se expressar e encarar a vida. Engajada, a autora revela suas opiniões sobre sexo, amor, solidão, carreira, dietas malucas e a luta para se impor num ambiente dominado por homens com o dobro da sua idade.

“Já estou prevendo a vergonha que sentirei por ter pensado que tinha algo a oferecer”, escreve Dunham. Mas “se eu puder pegar o que aprendi e tornar alguma labuta mais fácil para você ou evitar que você tenha o tipo de sexo em que sinta que deve continuar de tênis para o caso de querer sair correndo durante o ato, então cada passo em falso que dei valeu a pena.”

 

 

“… A vida é longa, as pessoas mudam, eu nunca seria tão boba a ponto de achar o contrário. Mas, de qualquer forma, nada pode ser do jeito que já foi um dia. Tudo mudou de uma forma que parece trivial e quase ofensiva quando descrevo numa conversa casual. Nunca poderei ser quem fui. Posso simplesmente observá-la com compaixão, compreensão e, em certa medida, espanto. Lá vai ela, mochila nas costas, rumo ao metrô ou ao aeroporto. Ela fez o melhor que pôde com o delineador. Ela aprendeu uma nova palavra que quer experimentar com você. Ela anda devagar. Ela está numa busca.”

 

 

Lena escreveu um livro sobre as experiências de sua vida. As decepções, conquistas e todos os obstáculos ao longo do caminho (que ela continua percorrendo).

Sua intenção é servir de exemplo do que não se deve fazer e salientar a importância de não abrir mão de quem você é, dos seus valores, do que acredita; não abrir mão de sua própria voz.

Li as coisas mais doidas e realmente não esperava! Tudo com muito humor.

A parte inicial do livro é a parte que mais choca, pelo menos foi a que mais me chocou.

Em vários momentos tive um acesso de riso: no metrô em plena hora do rush, nas ruas e no elevador do prédio comercial onde trabalho. Dei esses exemplos só pra mostrar como além de prender a atenção, por mais chocante que o tema fosse o humor era a característica mais forte.

E se você acha que teve uma juventude difícil, espere até por suas mãos neste livro.

Falando no livro, não coloquei minhas mãos no original ainda, por isso só posso comentar o trabalho da editora intrínseca que ficou lindo!!!

Eles mantiveram a capa original, o título está em relevo, o livro é cheio de desenhos feitos por Joana Avillez que ressaltam partes da história e estão em quase todas as páginas. Simplesmente fofos!!
E a 2ª e a 3ª capas (que segundo me informei é o nome que se dá as partes do livro que ficam no verso da capa e contracapa/ lado de dentro do livro) tem umas imagens simples e coloridas que deram um charme a mais. Até a foto da autora que aparece na contracapa ficou muito legal, bem feminina e os tons pastéis foram a escolha perfeita.
As folhas são amarelinhas e as letras mais escuras, a narrativa é simples e fluida.

 

“… uma mulher confiante, poderosa e, sim, até mesmo sexy possa ser construída, e não necessariamente nasça assim. Talvez.”

 

Lena que tem apenas 28 anos conta como conviveu com conflitos internos constantes (estes ainda a acompanham), assim como com o Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) que a acompanha desde a infância.
Embora tenha conquistado tanto em tão curto espaço de tempo passou como muitos de nós, simples mortais, pela falta de criatividade, o medo de dar o primeiro passo rumo ao desconhecido, o conflito com a balança e com sua imagem fora dos atuais padrões de beleza e como foi e continua sendo difícil se destacar ou conseguir espaço profissionalmente como mulher em carreiras dominadas pelo sexo oposto.

Pra quem ainda desconhece a autora, vou postar algumas fotos de seu papel de maior destaque na série GIRLS da HBO em que é a criadora, a roteirista e a atriz principal.

 

Girls 2

 

Ao lado das amigas de cena da sére Girls Allison Williams (Marnie Marie Michaels), Jemima Kirke (Jessa Johansson) e  Zosia Mamet (Shoshanna Shapiro).
Lena interpreta Hanna Helene Horvath.

 

Girls HBO Poster

 

Acompanho a série que segue um estilo alternativo e é direcionada ao público jovem. Não acho extraordinária, mas é um bom passatempo e ela é curtinha, tem apenas 20 min de duração. No momento estão exibindo a 4ª temporada e já foi confirmada a renovação para a 5ª temporada.

 

Por esta série Lena ganhou dois prêmios Globo de Ouro e é a primeira mulher a ganhar o prêmio Directors Guild of America Award como diretora excepcional em série de comédia para tv.

Também escreveu e dirigiu o filme independente “Tiny Furniture” em 2010, no qual também atuou. (Assisti ao mesmo há algum tempo e não curti, não era meu estilo de filme.) Este também ganhou prêmios.

 

Tem sido capa de uma série de revistas, dê uma olhada em algumas que encontrei pela net.

 

Lena Dunham - EW Lena Dunham - Glamour -419x569 Lena Dunham - Roling Stones Lena Dunham - Vogue 1

 

 

“… espero que meu eu futuro tenha orgulho do meu eu presente por tentar entender as grandes ideias e também por tentar fazer vocês sentirem que estamos todos no mesmo barco.”

 

Recomendo a leitura!

Acho ótimo poder aproveitar as experiências de outras pessoas, absorver o que nos serve de modelo, evitar cometer certos erros e até dar valor a certos aspectos da nossa vida que as vezes ignoramos.

Boa leitura!!

 

Fotos da autora e da capa EUA:

Lena - Barners & Nobel  Not That Kind of Girl EUA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>